Filme: Dose Dupla

Assisti Dose Dupla em uma sessão dupla de cinema :), assistimos Dose Dupla e Rush (logo falo sobre ele também).

Dose Dupla

Sinopse: Um agente especial e um perito em inteligência militar são contratados para roubar um banco. Logo, eles descobrem que sua verdadeira tarefa é outra: eles devem investigar um ao outro. Para piorar a situação, o mandante da tarefa é o mesmo banco que eles pretendiam roubar. Fonte: Itaú Cinemas

Gostei do filme. Não tem nada demais, mas entretém. Tem bastante ação e os personagens principais interpretados por Mark Wahlberg e Denzel Washington funcionam muito bem juntos e proporcionam boas cenas e situações engraçadas.

Se tivesse novamente que escolher entre assistir este filme no cinema ou não, não assistiria. O filme é bom, mas não vale o ingresso. Indico para assistirem quando passar em “Tela Quente” ou para alugar e assistir com pai/namorado/irmão, pois é o estilo de filme mais “gurizinho”.

Continue reading

Filme: Aviões

Assisti aviões cerca de três semanas atrás em uma noite ótima passeando com meu noivo, meu primo e a sua esposa. Assistimos no cinema em 3D, dublado.
AviõesSinopse: Dusty é um avião que trabalha pulverizando plantações. Seu grande sonho é participar de corridas internacionais, ao lado de alguns dos mais famosos competidores, mas seu medo de altura e a própria composição da carroceria impedem que esta vontade se torne realidade. Sabendo do sonho do amigo, Chug busca a ajuda de Skipper , um reservado avião que, devido a um acidente no passado, não consegue mais voar. Após muita insistência, Skipper aceita ser o mentor de Dusty nesta empreitada. Fonte: Itaú Cinemas

 Aviões segue o mesmo estilo do filme Carros, sequência de filmes que estreiou há uns bons anos atrás (minha camiseta de formatura do terceiro ano do ensino médio tinha o desenho estampado na frente #momentonostalgia).

A história traz a lição de que devemos lutar pelos nossos sonhos, indepentente de o quão difícil pareça de torna-los realidade e muitos desacreditem da sua capacidade de realizá-los.

Achei bonitinho, mas nada demais. Não consegui me afeiçoar por nenhum dos personagens, não gostei de nenhuma cena específica, não ri, não chorei e confesso que para mim a melhor parte da sessão foi o comercial do Zaffari “A Vida é feita de escolhas” que passou no inicio. 😛

Categorizo Aviões como o tipo de filme para assitir na tarde de domingo enquanto arruma a bagunça do almoço.

Continue reading

Filme: Os Estagiários

Para variar estou atrasando alguns posts com resenhas de filme, tenho assistido filmes quase toda semana e estou com pouco tempo para escrever, mas aos poucos pretendo ir colocando em dia. Assisti o filme Os Estagiários logo na semana de estréia e adorei! 😀

Fotor0902123022

Sinopse: Quando são demitidos, dois homens na casa dos quarenta anos de idade começam a procurar por novas alternativas de trabalho. Apesar de não conhecerem nada de mídias digitais, eles são contratados como estagiários em uma grande empresa de produtos eletrônicos, onde devem conviver com chefes vinte anos mais novos do que eles. Fonte: Itaú Cinemas

Estou na TI desde 2005, ou seja fazem quase 9 anos que estudo e trabalho na área então não poderia deixar de assistir a este filme. Os protagonistas são dois ótimos atores de comédia Vince Vaughn e Owen Wilson, e no elenco ainda temos Dylan O’Brien (Teen Wolf) e Jessica Szohr (Gossip Girl).

Confesso que fui assistir ao filme com um certo medo de ser aquelas comédias sujas. Detesto filmes que para tentar provocar risadas apelam para cenas contendo sangue, sexo, drogas, palavrões e necessidades fisiológicas. Os Estagiários foge completamente disto, são piadas simples e sutis sobre a geração Y e tecnologias que fazem rir bastante durante toda a duração do filme.

A trilha sonora é ótima, existem diversas referências a filmes (Harry Potter, X-Men…). Se não bastassem as risadas a história ainda passa ótimas lições de amizade, respeito, humildade, perseverança, esperança.

A única parte ruim do filme é que é impossível não sair do cinema querendo largar tudo e se mudar para os Estados Unidos para trabalhar na Google. 😛

Adorei o filme! Super indico!

Continue reading

Filme: Instrumentos Mortais – Cidade dos Ossos

Dia 23 foi aniversário da minha irmã, fomos ao shopping fazer umas comprinhas e depois ao cinema. Como ela ainda não conhecia o Imax achamos que seria uma opção interessante, bastava escolher o filme. Ela queria ver Percy, mas como não tive tempo de assistir o primeiro filme da saga partimos para nossa outra opção: Instrumentos Mortais – Cidade dos Ossos.

Fotor082714045

Sinopse: Clary Fray presenciou um misterioso assassinato, mas ela não sabe o que fazer porque o corpo da vítima sumiu e parece que ninguém viu os envolvidos no crime. Para piorar a situação, sua mãe desapareceu sem deixar vestígios e agora ela precisa sair em busca dela em uma Nova Iorque diferente, repleta de demônios, magos, fadas, lobisomens, entre outros grupos igualmente fantásticos. Para ajudá-la, Fray conta com os amigos Simon e o caçador de demônios Jace Wayland, mas acaba se envolvendo também em uma complicada paixão. Fonte: Itaú Cinemas

O filme começa agradando quem gostou do filme Mirror Mirror por Lily Collins, os fãs de Game of Thrones por trazer Lena Headey e de Fringe pela presença de Jared Harris.

A história em partes parece um mix de Grimm, Supernatural, Harry Potter e Crepúsculo. Poderia ser uma grande bagunça, não fosse pelo fato de que deu certo!

Lily collins interpretou maravilhosamente bem Clary Fray. Não havia gostado muito de Mirror Mirror e talvez tenha até ficado com uma birrinha dela por causa disso, mas adorei a atuação dela neste filme, mudei completamente o conceito que tinha. É uma protagonista com atitude, expressão e emoção, diferentemente das protagonistas de crepúsculo e jogos vorazes. Não me entendam mal, adoro as atrizes e também os filmes das sagas Crepúsculo e Jogos Vorazes, mas a atuação delas nestes papéis eu detestei.

Outra coisa que me fez ficar apaixonada pelo filme é que pela primeira vez na história eu torço pelo casal principal!! 😀 Sempre preferi o casal secundário e isto me deixava frustrada visto que a história já estava escrita e não teriam, ao meu ver, um final feliz. Em Instrumentos Mortais o casal principal, formado por Clary Fray e Jace Wayland tem uma ótima química. (obs: não li os livros e me recuso a procurar spoilers, mas não acredito de que o impedimento de ficarem juntos seja verdadeiro, se for tenho muito pé frio :()

O filme conta com pouco mais de duas horas de muita ação, drama, fantasia e romance. Amei cada cena! Super recomendo! 🙂

Continue reading

Filme: The Bling Ring

Tem semanas que queremos muito ir ao cinema e não tem nenhum filme interessante em cartaz, já em outras falta tempo para assistir tantas opções. Esta semana foi uma dessas em que existem vários títulos atrativos e The Bling Ring foi o escolhido da vez, entre diversos títulos como Percy Jackson e o Mar de Monstros, Smurfs 2 e Gente Grande 2.

Fotor0819130554Sinopse: Nicki, Marc, Rebecca. Sam e Chloe, entre outros jovens de Los Angeles têm em comum uma vida meio vazia, de pais ausentes, como Laurie, mãe de Nicki, que não tem a menor noção do que as filhas estão fazendo nas ruas, durante o dia e, pior, durante a noite. Fascinados pelo mundo glamuroso das celebridades das revistas, como Paris Hilton, e artistas como Kirsten Dunst, o grupo começa a fazer pequenos assaltos na casa dessas pessoas, quando descobrem que entrar nas residências deles não é nada difícil. Cada vez mais empolgados com “os ganhos”, o volume dos saques desperta a atenção das autoridades, que decidem dar um basta nos crimes dessa garotada sem limites. Baseado em fatos reais. Fonte: Itaú Cinemas

Já sabia que não deveria criar grandes expectativas tendo em vista que é um filme baseado em fatos reais, mas infelizmente criei expectativas que não foram atendidas. Já que não existia muito o que ser inventado quanto a história imaginei que ao menos iriam explorar bastante a parte dos roubos em si e deles aproveitando cada item de propriedade alheia, cenas que seriam ótimas para ficarmos babando pelos closets famosos. Existiram sim estas cenas, mas não na quantidade/qualidade que eu esperava, tive a impressão de existirem muito mais cenas deles se drogando do que de fato realizando os roubos.

Achei o papel interpretado pela Emma Watson extremamente forçado, senti que ficou uma falsa imagem de uma pessoa falsa. Não sei se foi o fato que que para mim ela ainda é e sempre será a Hermione, mas achei a interpretação dela muito forçada comparada a das outras meninas. O lado bom é que foi esta interpretação forçada e algumas frases irônicas soltas que renderam risadas esporádicas durante a sessão.

Acabou o filme e fiquei com a impressão de um filme com baixa qualidade de filmagem/edição de imagem/roteiro. Um filme que não me agregou em nada, não gerou em mim nem alguma vontade maluca de ter um closet gigante, como eu achei que ficaria.

Continue reading

Filme: Círculo de Fogo

Depois de um longo tempo focada em trabalho e estudos consegui me organizar para voltar a blogar. O tempo ainda é curto, mas estou encontrando uma forma de conciliar o trabalho com este cantinho que tanto amo.

Para o primeiro post venho falar de Círculo de Fogo, o último filme que assisti. Vi no iMax, legendado, porém sem legendas. (What?) Acontece que a sessão estava lotada e fomos obrigados a pegar cadeiras na parte superior esquerda e devido ao tamanho da tela e número de pessoas na nossa frente apenas era possível ver sílaba-cabeça-sílaba-cabeça. Aí já viu né? Ou melhor, não viu. Sorte que atualmente o inglês já não é mais um problema para mim, então essa parte tirei de letra.

Fotor0815125513

Sinopse: Quando várias criaturas monstruosas, conhecidas como Kaiju, começam a emergir do mar, tem início uma batalha entre estes seres e os humanos. Para combatê-los, a humanidade desenvolve uma série de robôs gigantescos, os Jaegers, cada um controlado por duas pessoas através de uma conexão neural. Entretanto, mesmo os Jaegers se mostram insuficientes para derrotar os Kaiju. Diante deste cenário, a última esperança é um velho robô, obsoleto, que passa a ser comandado por um antigo piloto e uma treinadora. (Fonte: Itaú Cinemas)

Achei a história cheia de falhas e com pouquíssimas explicações. Quando acaba o filme e a história central foi concluída, mas diversas questões ainda parecem ficar sem uma resposta. Tratando-se de um filme com criaturas monstruosas não pode-se esperar muito de realidade, mas sinceramente me dá uma agonia estes filmes em que movimentações gigantes acontecem em pleno oceano e a margem não recebe nem uma marolinha como reação à ação.
Se a história é meio falha o mesmo não se pode dizer da imagem, é um ótimo filme de ação e neste sentido entretêm deliciosamente! O filme todo tem uma agilidade que não dá tempo de bater aquele soninho.

Vale a pena assistir o filme sem muita expectativa, apenas pelo entretenimento momentâneo. Aconselho ser assistido no cinema ou em uma super TV. 🙂

Continue reading