Filme: Jobs

Durante minha adolescencia assisti diversas vezes o filme Piratas do Vale do Silício. Assisti em aulas de cursos de informática que fiz e sempre fiquei fascinada em ter uma visão, mesmo que por cima, de como a tecnologia com as quais temos contato hoje tiveram um inicio. Esta motivação me levou a assistir Jobs no cinema poucos dias depois de sua estréia.

jOBS

Sinopse: Cinebiografia sobre Steve Jobs, enfocando a época de sua vida de quando era hippie até a fundação da Apple, que fez com que fosse considerado um dos empresários mais criativos da época. Fonte: Itaú Cinemas

Em Piratas do Vale Silício é possível ter uma visão geral do cenário e dos principais personagens desta história real, já em Jobs o foco é Steve, a Apple e as pessoas que ajudaram no seu surgimento.

O filme mostra Steve Jobs desde os tempos de faculdade até sua última década de vida. É retratado seu lado sonhador, visionário, ambicioso e também sua dificuldade em seguir regras e conviver com outras pessoas. É interessante conhecer e visualizar todas estas características, conhecer as demais pessoas que tiveram um papel importante no inicio da Apple e também visualizar o crescimento da empresa até chegar no que é hoje.

Steve Jobs é interpretado por Ashton Kutcher, que fez muito bem este papel. Assisto ele em Two and a Half Men e a diferença é absurda. Não a diferença do personagem, pois isto é óbvio, mas sim o jeito de falar e andar, cada movimento parece ter sido pensado com muito cuidado. A primeira cena do filme, mostra Jobs já mais velho e enquanto não escutei a voz do Ashton jurava que eles tivessem colocado uma cena real do Steve Jobs para dar inicio a produção. A interpretação foi incrível!

Indico assistirem ao filme, é história, vale muito a pena conhecer e absorver. E para quem ainda não assistiu Piratas do Vale do Silício fica a dica também. 😉

Continue reading

Seriado: Anger Management

Fazem cerca de 6 anos que me encantei pelo mundo dos seriados, desde então assisti-los faz parte da minha rotina e todas as noites assisto ao menos um episódio antes de dormir.

Acompanho muitas séries e sempre que sai uma nova fico louca para conhecer. Me apego por personagens e sigo a trajetória dos atores conforme migram de um seriado para outro, sendo este o acontecimento que me levou a assistir Anger Management.

Fotor0822133759

Durante anos acompanhei Two and a Half Men, seriado que tinha como ator principal Charlie Sheen. Mal ele deixou a série e já apareceu como ator principal em outra série de comédia. Em Anger Management Charlie Sheen interpreta Charlie Goodson, um terapeuta que trabalha com grupos de pessoas que tem problemas de descontrole emocional resultando a crises de raíva.

Na série, que atualmente está na sua segunda temporada, vemos Charlie trabalhando em casa com um grupo de pacientes, trabalhando em uma prisão tratando um grupo de presos, sua amizade com um vizinho, a relação de Charlie com sua familia, a amizade colorida com uma colega terapeuta além de algumas cenas protagonizadas apenas pelos pacientes do grupo da terapia.

Definitivamente a série não está no meu top 5, 10 ou se quer 20. Para uma série de comédia ela deixa muito a desejar, as risadas normalmente acontecem em cenas onde existe um referência implicita à Two and a Half Men ou nas cenas entre os pacientes, que são personagens de personalidade extremamente caricata.

Se tivesse de dar uma nota para a série provavelmente seria 5. Não é boa, porém também não é ruim. Indico para ser assistida em paralelo a execução de alguma outra atividade, como pintar as unhas por exemplo. 😛

Fotor0821130411

Elenco:

  • Martin Sheen como Martin Goodson (pai de Charlie)
  • Shawnee Smith como Jennifer Goodson (ex-mulher de Charlie)
  • Charlie Sheen como Dr. Charlie Goodson
  • Noureen DeWulf como Lacey (paciente do grupo de terapia)
  • Michael Arden como Patrick (paciente do grupo de terapia)
  • Derek Richardson como Nolan (paciente do grupo de terapia)
  • Selma Blair como Dr. Kate Wales (terapeuta, amiga colorida de Charlie)
  • Barry Corbin como Ed (paciente do grupo de terapia)
  • Daniela Bobadilla como Sam Goodson (filha de Charlie)
Continue reading